Projeto de pesquisa e extensão que reconhece o esporte como espaço de corpos brincantes, e a saúde como fonte de vida e direito inalienável da humanidade.

O VITRAL iniciou suas atividades em 2004, a partir de três fatos articulados: 1) pela reconfiguração do NEPEF (Núcleo de Estudos Pedagógicos em Educação Física) do Centro de Desportos da UFSC; 2) pelo convite do IELA a seus membros para integrarem o Instituto; 3) pela possibilidade de ser criada na UFSC uma extensão de um movimento internacional denominado Observatório Mundial da Saúde (Global Health Watch), com atividades na América Latina, coordenadas por um importante pesquisador do campo da Saúde Coletiva mundial (Jaime Breilh), com o qual realizamos atividades conjuntas.

Sobre o primeiro fato mencionado, o NEPEF vinha se caracterizando como forte liderança acadêmica do campo crítico da Educação Física brasileira e, assim sendo, sua reconfiguração permitiu que três de seus pesquisadores pudessem se vincular ao IELA. Para tanto, cada um deles foi responsável pela coordenação de um Grupo de Pesquisa, conforme sua especificidade de formação e atuação profissional.

Na origem, o Núcleo seria denominado Observatório Latino Americano de Educação Física, Esportes e Saúde, devido sua vinculação com o projeto internacional mencionado. Porém, imediatamente, percebeu-se o limite dessa proposta, na medida em que o desejo era ter denominação que fosse para além de proposição contemplativa, de acompanhamento e de registro. A intenção era advertir sobre os determinantes sociais que impedem ou limitam as liberdades humanas, inclusive nos campos em que a Educação Física atua.

Emergiu então o Vitral Latino Americano de Educação Física, Esportes e Saúde, cuja concepção nasceu também do interesse dos idealizadores por “colorir a vida” e permitir a chegada de luzes do conhecimento e sabedoria às nossas intervenções. Buscávamos encontrar um nome para nosso Núcleo que superasse não só o ambiente social externo da Universidade, mas a própria racionalidade universitária que percebíamos limitada, embrutecida e sem beleza em seu fazer. Surge então a figura simbólica do Vitral, que é algo claro, colorido, possui arte, beleza, em que a luz o transpassa colorindo-se em múltiplas facetas, tendo um sentido de beleza e de vida nova, iluminada e bonita. Assim, nosso Núcleo de Pesquisa passa a chamar-se Vitral Latino Americano de Educação Física, Esportes e Saúde para expressar a vida, a arte, a sabedoria, o conhecimento, enfim, as muitas forças, misteriosas, científicas e ainda estranhas ao ambiente universitário, mas que também nos formam/orientam e nos acompanham em nosso fazer acadêmico, científico-militante, e em nossas vidas.

Objetivos

O VITRAL é um núcleo de pesquisa do Centro de Desportos da UFSC, que articula o esforço científico e militante para compreender a saúde como fonte de vida e direito inalienável da humanidade.

Nos apoiamos no acúmulo teórico e vivências práticas do campo crítico da Educação Física brasileira e das teorias sociais Latino Americanas que alimentam visões críticas acerca das relações entre as práticas corporais e a vida humana plena.

Estamos nessa busca para fortalecer análises ampliadas e profundas sobre os poderes da sociedade capitalista que se apropriam do esporte e de outros conteúdos da cultura corporal/de movimento para manter suas possibilidades de dominação política, ideológica, econômica, social e cultural, que obviamente determinam o fazer pedagógico de educadores, agentes comunitários e professores de Educação Física.

E também nos propomos a contribuir com as reflexões críticas e as proposições práticas de esporte e lazer de governos, escolas, sindicatos, movimentos sociais, clubes e corporações que se valem do esporte como prática social de transformação das condições de vida indignas e, portanto, injustas!

Nosso principal objetivo é investigar, intervir e assessorar proposições de Educação Física, Esportes e Saúde a favor da vida e da construção de projetos nacionais populares que contribuam para a libertação, emancipação e humanização plena dos povos, desde a realidade latino americana.

Organização

O VITRAL organiza-se em três grupos, buscando, de forma geral, articular suas potencialidades de investigação e intervenção com o IELA e suas proposições, bem como com a Educação Física e Saúde, em particular: