Porto Rico e a libertação

Porto Rico e a libertação

Sinopse

Porto Rico, que atualmente tem o status de Estado Associado dos EUA, deverá realizar um plebiscito no qual a população vai dizer sim ou não à anexação efetiva da ilha aos Estados Unidos. Hoje, a condição de estado associado não lhe dá direito à participação real nas decisões, uma vez que sequer têm representação no Congresso. Na verdade, segue sendo uma colônia, e tratada como colônia. Por conta dessa condição a ideia de libertação sempre esteve muito viva na ilha e essa é uma luta que segue. Para muito porto-riquenhos nem a anexação (que os tornará todos estadunidenses), nem o estado associado servem. Eles querem soberania e independência. São porto-riquenhos e insistem em manter sua nacionalidade e sua autodeterminação.
 

Para entender melhor a história de Porto Rico entrevistamos Hugo Rodríguez, que é do Partido Independentista Portoriqueño e candidato ao Senado nas eleições de outubro. Como estado associado Porto Rico tem legislativo próprio e também elege seu governador. Hugo fala das raízes históricas da luta pela independência e analisa que hoje, as condições para a independência estão mais favoráveis, inclusive, é bem possível que os próprios Estados Unidos tenham interesse em promover a separação.
 
Entrevista: Elaine Tavares