Che Guevara e o Marxismo Latino-Americano: a crítica da Economia Política

Autores: 
Marco A. da SilvaGuillermo Johnson

Resumo

Ernesto “Che Guevara” marcou profundamente a história contemporânea da América Latina e também o pensamento socialista na segunda metade do século XX. Apontado por Sartre como o “homem mais completo do século XX”, a ênfase em seu exemplo de vida não pode ocultar sua contribuição como pensador marxista e latino-americano. Sua atuação e seu pensamento influenciaram a ação de indivíduos e organizações políticas em todo o continente. No entanto, sua influência, realçada pelo ideal de mito revolucionário não faz juz, segundo nossa compreensão, a contribuição original, e fundamental, do Che para o desenvolvimento do pensamento marxista. O presente trabalho procura analisar (e divulgar) uma das contribuições do Che para o desenvolvimento do pensamento socialista na América Latina, fundamentado na análise de sua visão do marxismo soviético presente em "Apuntes críticos a la economia política". Consideramos que, em geral, há um conhecimento parcial e insuficiente do protagonismo teórico desempenhado por este autor, o que torna necessário (e imprescindível) a releitura de sua obra, que está sendo reeditado pelo Centro de Estudos Che Guevara, em Cuba.