Seminário discute a "Corrupção e o Sistema da Dívida Pública"

26 de Agosto de 2015, por IELA


O Estado do Rio Grande do Sul atravessa uma crise financeira sem precedentes. A dívida pública é um dos seus componentes mais relevantes. Atualmente somos o estado com a maior dívida da nação. O Estado arrecada, investe pouco em infraestrutura e deixa de atender as necessidades básicas da população. Entregamos R$ 3,2 bilhões em 2014 para pagamento de juros e amortização da dívida e continuamos devendo R$ 47,1 bilhões. A dívida se realimenta. 

Entender o sistema da dívida, como se comunica com o cenário internacional e visualizar saídas é a razão do Seminário Regional "A Corrupção e o Sistema da Dívida", promovido pelo Núcleo Gaúcho da Auditoria Cidadã da Dívida Pública. O evento acontece no próximo dia 27 de agosto, a partir das 9h, no auditório da Faculdade de Economia da UFRGS, em Porto Alegre e contará com a participação da Coordenadora Nacional da Auditoria Cidadã da Dívida Pública, Maria Lúcia Fattorelli. O presidente do IELA, economista Nildo Ouriques também fará conferência.

Data: 27/08/2015 (quinta-feira).

Local: Auditório da Faculdade de Economia da UFRGS.

Programação: 

9h - Abertura

9h30min - As consequências do Sistema da Dívida sobre as Nações e povos do Mundo, América Latina e Brasil - Nildo Domingos Ouriques, Prof. Dr. Depto Ciências Econômicas da UFSC e Mathias Luce, Prof. Dr. Departamento História da UFRGS; 

13h30min - A Corrupção e o Sistema da Dívida: Experiências das Auditorias do Equador e da Grécia - Maria Lúcia Fatorelli, Coordenadora Nacional da Auditoria Cidadã da Dívida; 

15h30min - As Consequências do Sistema da Dívida sobre as Finanças do RS - Josué Martins, Auditor Público do TCE-RS, membro da Coordenação do Núcleo Gaúcho da Auditoria Cidadã da Dívida Pública.