Estado Policial - como sobreviver

28 de Novembro de 2019, por IELA


Estará em Florianópolis no dia 02 de dezembro o jornalista e vice-presidente da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) Cid Benjamin, para o lançamento do seu livro "Estado Policial - como sobreviver". A atividade, organizada pelo IELA será no Auditório do CSE/UFSC, às 18h e 30min.

Cid foi militante estudantil e fez parte do MR-8 nos duros anos da ditadura militar. Na época ele foi preso e, exilado, morou na Argélia e na Suécia. Depois da anistia voltou para o Brasil e trabalhou nos mais importantes jornais do país, conquistando, inclusive, um Prêmio Esso por uma série de reportagens sobre a Guerrilha do Araguaia. Atualmente é professor de "Realidade Sócio-Econômica e Política" nas Faculdades Integradas Helio Alonso - no Rio de Janeiro.

O livro "Estado Policial - como sobreviver" traz informações sobre como os ativistas podem se manter seguros em tempos de atuação das milícias e da iminente eclosão do ovo da serpente do fascismo. Ele descreve os mecanismos de repressão política dos anos 1960 e 1970, que são semelhantes aos das atuais milícias, com suas ramificações em órgãos policiais. Além disso, relata as estratégias usadas pelos militantes para resistir durante os anos de chumbo. No livro são abordados assuntos como: atentados; criminalização do movimento popular e de organizações de esquerda; expansão das milícias; medidas de proteção; internet, celulares, computadores, notebooks e tablets; câmeras, microfones e outros mecanismos de vigilância; infiltrações policiais; ditadura aberta; evolução da repressão.

O QUE: Lançamento do livro "Estado Policial - como sobreviver"

ONDE: Auditório do CSE/UFSC

QUANDO: 02 de dezembro (segunda-feira)

HORA: 18h e 30min