Eleições na Guatemala

12 de Agosto de 2019, por IELA


O segundo turno das eleições guatemaltecas aconteceu nesse domingo, dando vitória a Alejandro Giammattei, que disputava o cargo pela quarta vez. Ele venceu a ex-primeira dama Sandra Torres com 58% dos votos contra 41%.

Tanto Sandra quanto Alejandro disputavam a cadeira presidencial com suas reputações bem estragadas, embora isso não tenha impedido que chegassem ao segundo turno. Sandra é acusada de receber recursos do crime organizado para suas campanhas eleitorais e Alejandro tem sobre si a acusação de abuso de autoridade, assassinato e execução extrajudicial por dirigir uma penitenciária onde vários presos foram mortos.

A vitória ficou com aquele que aparentemente tem a mão mais dura, um perfil muito parecido com outros presidentes em ascensão na América Latina.

Por outro lado, a Guatemala segue com seu tecido político totalmente roto, com a população não mais acreditando nas instituições ditas democráticas. E tanto que a abstenção chegou a 60%, uma taxa que só vem crescendo ano a ano.

A Guatemala é um país marcado pelo empobrecimento sistemático de sua gente, pelo genocídio dos povos indígenas e pela violência crescente. Com Giammattei nada indica que isso possa mudar.