Comunicação: seminário debate o jornalismo independente

19 de Novembro de 2018, por Elaine Tavares


Já faz algum tempo que os meios de comunicação independentes, populares e comunitários têm se organizado em Santa Catarina para discutir o tema da soberania comunicacional, e o debate tem sido feito em duas grandes linhas. A primeira delas é o processo de oligopolização da informação que faz com que uma única empresa domine vários veículos, obrigando a sociedade a permanecer refém de um pensamento único. E a segunda linha de ação é a batalha pela democratização da distribuição dos recursos públicos. 

É sabido que os governos, tanto nacional, estadual ou municipal, dispõem de orçamento para utilização juntos aos meios de comunicação. E que esses recursos acabam sempre na mão das empresas maiores, reforçando assim o monopólio e o oligopólio. A batalha dos meios “nanicos” é justamente fazer com que haja uma distribuição mais equitativa dessas verbas visto que também representam parcelas importantes da sociedade.

A discussão desses grandes temas levou os meios de comunicação independentes, populares e comunitários de Santa Catarina a articular uma Frente Parlamentar pela Democratização da Comunicação, buscando nos legislativos estadual e municipal, um espaço para esclarecer a opinião pública e para aprofundar essa discussão com toda a sociedade. 

Na Assembleia Legislativa a frente foi criada e, sob a presidência do deputado Dirceu Dresch, já realiza seu primeiro seminário, visando aprofundar a discussão sobre a comunicação nos seus mais diferentes aspectos. Então, em parceria com a escola do Legislativo - ALESC – organiza, no dia 27 de novembro, o debate sobre “O direito humano à comunicação”. O foco da discussão está nos rumos do jornalismo chamado de alternativo e/ou independente e das rádios comunitárias em Santa Catarina, Brasil e América Latina.

O seminário é dirigido a profissionais e estudantes de jornalismo, comunicadores sociais, educadores e público em geral. A inscrição é gratuita.

Veja a programação

CREDENCIAMENTO: 8:00 h.

Primeira mesa: “O jornalismo independente em Santa Catarina na perspectiva da Soberania Comunicacional dos Povos”

Abertura 9:00: Deputado Estadual e coordenador da Frente Parlamentar pela Democratização da Comunicação, Dirceu Dresch 

Homenagem póstuma à comunicadora social Fabíula Karla Fergutz 

Fabíula atuava no Oeste do estado como comunicadora popular
Fabíula atuava no Oeste do estado como comunicadora popular

Coordenação: Míriam Santini de Abreu – Jornalista, professora e escritora, cofundadora da revista Pobres & Nojentas

Introdução – Claudia Weinman – Jornalista, apresentadora, Diretora Regional do Portal Desacato, militante do coletivo da Pastoral da Juventude do Meio Popular (PJMP) e Pastoral da Juventude Rural (PJR) 

Expositores 

Rosangela Bion de Assis – Jornalista, apresentadora, repórter, poeta e presidenta da Cooperativa Comunicacional Sul - CCS
João Carlos Santin – Advogado, assessor sindical e social, diretor de comunicação da Associação Catarinense de Rádios Comunitárias - ACRACOM
Sabrina Pereira – Especialista em Marketing, Relações Sociais pela Harvard HBX Business Analytics e diretora do Jornal Livre/SC
Joana Zanotto Sabbá Guimarâes – Jornalista, fotógrafa e editora, presidenta da Associação Coletivo Maruim

Encerramento: 12:30

Segunda mesa: “Conjuntura da Comunicação na América Latina e o Brasil”

Abertura 14:15 Vereador, Professor e Proponente da Frente Parlamentar pela Democratização da Comunicação em Florianópolis, Lino Fernando Bragança Peres 

Homenagem póstuma ao jornalista e pesquisador Celso Martins

Celso Martins - jornalista e fotógrafo deu importante contribuição à comunicação popular
Celso Martins - jornalista e fotógrafo deu importante contribuição à comunicação popular

Coordenação: Tali Feld Gleiser – Tradutora, revisora, cronista e comunicadora social, diretora de jornalismo de Los Otros Judíos y Portal Desacato – República Dominicana

Introdução: Rita Matos Coitinho - Socióloga, doutora em Geografia, colunista, analista em emprego e desemprego, técnica do IBRAM, membro do Conselho Consultivo do Cebrapaz

Expositores 

Nora Veiras – Jornalista, apresentadora de rádio e TV, mestre em gestão educativa pela CLACSO/OEA, editora geral do jornal Página 12 - Argentina
Débora Mabaires – Jornalista, colunista, blogueira, produtora e apresentadora nas rádios comunitárias Hache, Radio Galena FM 94.5 e La Boca FM 90.1 e na rádio AM750 - Argentina
Elaine Tavares – Jornalista no Iela, colunista, pesquisadora, escritora, radialista, diretora da Rádio Campeche e da revista Pobres & Nojentas

Encerramento: 17:45

Link para inscrição no evento - Haverá Certificado