CELAC fortalecerá cooperação económica com China

2 de Janeiro de 2015, por IELA

A capital chinesa será sede, nos próximos dias 8 e 9 de janeiro, de um encontro entre os representantes dos governos ligados a Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos (CELAC), mais os funcionários do governo asiático, com o objetivo de avaliar novos setores de cooperação econômica entre a América Latina e a China. Será o primeiro encontro ministerial entre o conjunto da América Latina e Caribe com a China, num fórum que a nação asiática espera abrir novos setores de cooperação. “Vamos analisar as áreas prioritárias de cooperação e a construção de novos mecanismos para viabilizá-las”, diz a porta-voz do Ministério de Assuntos Exteriores chinês, Hua Chunying.Segundo ela, os participantes discutirão principalmente a cooperação em áreas ligadas à colaboração e temas vinculados a criação de instituições de atuação conjunta. Hua destacou a América Latina  como um espaço importante para impulsionar projetos económicos e de tecnologia e ressaltou que a China está muito interessada em reunir-se com os mandatários da região.Pequim (capital de China) e os países da CELAC, que integra todas as nações da América, com exceção de Estados Unidos e Canadá, já definiram que realizarão encontros frequentes a partir do encontro realizado no Brasil em julho passado, no qual esteve presente o presidente chinês, Xi Jinping.