O autoritarismo golpista na educação: quando o pobre paga a conta

Autores: 
Eliton Felipe de Souza

Resumo

Este trabalho tem como objetivo cotejar as ações autoritárias na área da educação a partir de medidas adotadas durante a ditadura militar e o governo Michel Temer, como forma de demostrar alguns dos continuísmos políticos dos governos golpistas. Durante esta pesquisa foram analisados documentos publicados pelo governo Temer, propostas legislativas da base aliada no Congresso e a documentação produzida pelo Ministério da Educação, além do material divulgado pela imprensa. Outrossim, foram investigados para fins de cotejamento, as ações dos militares registradas em documentos e em vasta produção bibliográfica. Além disso, procurou-se investigar as reações da sociedade civil, de estudantes, educadores e comunidade escolar aos desmandos do Estado.