O projeto Cursos Livres oferece através de cursos à comunidade, a socialização das pesquisas desenvolvidas pelos integrantes do IELA, assim como de outros intelectuais da América Latina. As atividades são sempre abertas e gratuitas.

O IELA oferece durante todo ano, uma série de cursos e palestras que tratam da temática da América Latina. No mais das vezes são temas candentes que não são agendados pela vida acadêmica ou pela mídia. Esses encontros buscam provocar a análise da vida política, social, cultural e econômica dos países latino-americanos, de maneira crítica e original, sempre amparado no pensamento de teóricos latino-americanos, num diálogo não colonizado com autores de outras partes do mundo.

A aproximação do público brasileiro com os aspectos econômico, político e sociais da região – para a qual este projeto contribui de forma precursora – pretende incitar o conhecimento da realidade do continente tendo em vista o fomento do pensamento crítico necessário para a teoria e a práxis transformadora na América Latina.

Nesse sentido, é urgente impulsionar a integração dos povos da América Latina para além da fronteira político-econômica visando gerar um espaço cultural que permita nosso reconhecimento geográfico e histórico, desenvolvendo um sentimento de identidade coletiva no ser latino-americano, principalmente no Brasil.

A sistematização dos cursos promovidos pelo Instituto através do projeto de extensão Cursos Livres do IELA oportuniza, desta maneira, o conhecimento das grandes questões ligadas à América Latina, garantindo uma reflexão profunda acerca dos problemas da região.

Cursos gravados que você pode assistir agora

Notícias

Acompanhe as notícias relacionadas aos Cursos Livres do IELA e fique atento às próximas atividades.

Curso será ministrado pela jornalista do IELA, Elaine Tavares, nos dias 21 e 28 de setembro, no horário das 9h e30 às 11h e 30min, miniauditório de Economia e Relações Internacionais, CSE/UFSC. Adelmo escreveu sua teoria marxista do jornalismo em 1987. Seu foco foi o jornalismo informativo, a notícia. Ele mostrou que esse tipo de jornalismo não precisa ser superficial nem manipulador, como era e ainda é. Naqueles dias, a internet estava só engatinhando, as novas tecnologias nem se anunciavam...